A volta da 1ª dose: pessoas madrugam na fila de vacinação

O trabalhador autônomo Jorge Guimarães, 56 anos, acordou às 4h da manhã dessa quinta-feira (3) com um único objetivo: conseguir sua primeira dose da vacina da Oxford. O fato de o 5º Centro de Saúde só abrir às 8h não foi suficiente para desanimá-lo. Essa foi a quarta vez que o programa de vacinação do município foi interrompido desde 19 de janeiro, quando o esquema de imunização teve início.

É nisso que Jorge diz ter pensado ao sair da sua casa, no Rio Vermelho, pouco antes das 5h. “É tanta fake news que a gente não sabe qual vacina quer tomar. Mas não tem pra onde correr, o certo é tomar e a melhor opção é acordar cedo pra conseguir”, diz. 

O 5º Centro de Saúde, na Avenida Centenário, é um ponto de vacinação duplo, servindo tanto para pedestres, quanto para os que acessam o drive-thru. Por isso, Jorge, pedestre, não chegou a ter qualquer contato com Antônio Albuquerque, 56, apesar de ambos já estarem lá por volta de 5h45.

Ainda assim, eles relataram a rapidez das filas. “Eu saí bem cedo de casa, então peguei só 11 carros na minha frente. O negócio é procurar fazer alguma coisa, levei um livro, e às 8h30 já estava saindo de lá, vacinado. Preferi sacrificar minha madrugada do que passar mais tempo na fila”, relata Antônio.

Após cinco dias sem a primeira dose sendo ofertada, esse também foi o caso de Maria Silva. Ela foi a primeira a chegar na fila de pedestres, às 3 horas da manhã. A ansiedade, para ela, teve muito a ver com o medo de não conseguir sua dose, uma vez que está no grupo de risco por ser diabética e trabalha todos os dias na rua, como ambulante.

“Apesar de eu ter chegado às 3h da manhã, não demorou de chegar gente atrás de mim. Quando eu saí de lá vacinada, às 8 e pouca, a fila já estava chegando perto do Dique do Tororó. Como eu tenho problema de saúde e trabalho na rua vendendo espetinho, fiquei muito satisfeita de ter conseguido”, conta.

Aos 56 anos, Rosimeire Mascarenhas também conseguiu sua dose. Levou o esposo, a prima e a cunhada de carro, e todos se vacinaram. “Foi bem rápido. Chegamos lá 5h30 e conseguimos nos vacinar, uns por idade, e outros por comorbidade. Isso dá uma esperança muito grande de que todos vão tomar logo”, espera a aposentada.

Vacinação hoje
Nesta sexta-feira (4), os pontos de imunização por demanda aberta (sem agendamento) de Salvador seguem com a aplicação exclusiva da 1ª dose da vacina contra a Covid-19 para os grupos prioritários habilitados na estratégia do município. As pessoas com 56 anos nascidas até 04 de maio de 1965 podem buscar os pontos entre 08h e 12h. Já no turno vespertino, de 13h às 16h, será a vez das pessoas com 55 anos nascidas entre 05 de maio e 04 setembro de 1965. Para isso, precisam estar com o nome na lista e no ato da vacina apresentar cartão SUS e documento oficial de identificação com foto.  

Os jornalistas com idade igual ou superior a 40 anos nascidos até 04 de junho de 1981 também serão vacinados a partir desta sexta-feira (04). Para ser beneficiado com a primeira dose, devem estar em pleno exercício das atividades, com os nomes cadastrados no site da SMS e atuar em Salvador. Deve apresentar obrigatoriamente o documento oficial com foto e cópia impressa do certificado de conclusão de curso/diploma, DRT ou Identidade profissional válida (carteira da Fenaj, por exemplo). Além disso, devem levar a cópia impressa do último contracheque ou nota fiscal ou carta da chefia. Esse público pode buscar o imunizante, além dos demais pontos, na sede da Associação Baiana de Imprensa (ABI), das 8h às 16h. 

Também podem ser imunizados todos os grupos previamente liberados para tomar a vacina. O Vacina Express, serviço de agendamento da imunização domiciliar para pessoas acamadas ou com dificuldade de locomoção, também está disponível no site vacinaexpress.saude.salvador.ba.gov.br

Além disso, a aplicação da segunda dose dos imunizantes Coronavac e Oxford será retomada através de agendamento e demanda aberta nesta sexta (04).
 

PONTOS DE VACINAÇÃO DA 1ª DOSE (08H ÀS 16H)

Drivers: Barradão, Centro de Convenções, 5º Centro de Saúde, FBDC Brotas, Faculdade Universo, Atakadão Atakarejo, Parque de Exposições, Arena Fonte Nova, FBDC Cabula, Shopping Bela Vista e Vila Militar (Dendezeiros) 

Pontos fixos: Barradão, USF Vila Nova de Pituaçu, USF João Roma Filho, USF Curralinho, USF Federação, 5º Centro de Saúde, FBDC Brotas, USF Vale do Matatu, USF Plataforma, USF Colinas de Periperi, USF Prof Eduardo Mamede, Parque de Exposições, UBS Ramiro de Azevedo, USF Resgate, USF Fernando Filgueiras – Cabula IV, USF Cajazeiras V, Clube dos oficiais da Polícia Militar (Dendezeiros) 

2ª DOSE – CORONAVAC

Os pontos de aplicação da segunda dose da Coronavac funcionarão através de demanda aberta nesta sexta (04) das 08h às 12h. O indivíduo que estiver com a data de retorno no cartão de vacina igual ou inferior a 06 de junho pode se dirigir aos locais. 

Drivers: Unijorge Paralela 

Pontos Fixos: Unijorge Paralela e UBS Nelson Pihaui Dourado 

2ª DOSE – OXFORD (Demanda aberta) 

Além do agendamento através do Hora Marcada, haverá pontos de vacinação para Oxford também por demanda aberta das 08h às 12h para os indivíduos com data de retorno no cartão de vacina igual ou inferior a 06 de junho. 

Drivers: PAF Ondina

Pontos fixos: USF Vista Alegre, USF Teotônio Vilela II e USF Cajazeiras X 

OXFORD (Agendamento)

Nesta sexta-feira (04), 19 pontos de imunização estarão funcionando até as 12 horas com a aplicação exclusiva da 2ª dose da Oxford para quem realizou agendamento através da plataforma online Hora Marcada. A estratégia contempla os indivíduos que estão com a data de reforço para até o dia 06 DE JUNHO.

Drivers:  Uninassau (Campus Pituba) e Sindicato dos Delegados de Polícia  do Estado da Bahia (Barris) 

Pontos Fixos: USF Federação, USF Parque de Pituaçu, UBS Manoel Vitorino, UBS Mario Andrea, CSU Pernambués, UBS Eunísio Coelho Teixeira, USF Mata Escura, UBS Dr. Péricles Esteves Cardoso (Barbalho), USF Terreiro de Jesus, UBS Joanes Centro Oeste, USF Alto do Coqueirinho, UBS Professor Bezerra Lopes, UBS Castelo Branco, UBS Marechal Rondon, USF Antonio Lazzarotto, USF Fazenda Coutos III, USF Tubarão.

Fonte: Correio