G7: Há argumentos para garantir acesso equitativo às vacinas da covid-19 no mundo

O G7 afirmou em documento divulgado na manhã deste sábado que a pandemia da covid-19 só pode ser superada quando for controlada em todos os lugares. “Há um argumento moral, científico e econômico esmagador para garantir o acesso equitativo, seguro, eficaz e acessível às vacinas, terapêuticas e diagnósticos da Covid-19 em todo o mundo”, escrevem os ministros de finanças e líderes de bancos centrais do G7. As autoridades afirmam que “acelerar o fim da pandemia acrescentaria trilhões de dólares ao PIB global”.

O grupo diz que já ofereceu suporte significativo à Colaboração Global para Acelerar o Desenvolvimento, Produção e Acesso Equitativo a Novos diagnósticos, terapêuticas e vacinas Covid-19, uma iniciativa do G20. No entanto, saúda o aumento dos compromissos financeiros de alguns membros do G7 com a causa e diz esperar novas ações para ajudar a fechar a lacuna de financiamento.

Quanto às instituições internacionais, o grupo pede intensificação das ações já existentes nesse sentido. “Saudamos os esforços do Banco Mundial em saúde global e vacinas e os instamos a intensificar o uso de seu considerável poder de fogo financeiro e de convocação para enfrentar os desafios financeiros e operacionais para um acesso mais oportuno às vacinas pelos países em desenvolvimento, inclusive por meio da Covax”, diz o documento.

Os pedidos também são estendidos ao FMI: “Também pedimos ao FMI que explore a adaptação dos mecanismos existentes para apoiar o financiamento de vacinas”, complementa.

O G7 diz ainda que “incentiva fortemente” o setor privado, incluindo a indústria farmacêutica, a aumentar suas contribuições para combater a atual pandemia.

Fonte: Correio