Pênis na porta da Fiocruz citado na CPI realmente existiu

Uma usuária do Twitter esclareceu o mistério do pêni na porta da Fundação Oswaldo Cruz, cuja existência foi citada pela secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como “capitã cloroquina”.

“Eles têm um pênis na porta da Fiocruz.” A afirmação, feita durante seu depoimento à CPI da Covid no Senado no último dia 25 de maio, viralizou nas redes sociais.

Apesar de muita gente ter achado que ela se referia às torres do prédio, ou ao formato dos pórticos de entrada, a usuária do Twitter mostrou que houve, sim, um órgão sexual. Na foto se vê um pênis branco, inflável, ao lado de um banner convidando as pessoas para participar de uma campanha de prevenção do vírus HIV.

A coluna “Poder”, da “Folha de S.Paulo”, entrou em contato com o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, que confirmou que o pênis inflável existiu.

Fonte: Agencia Brasil