Mulher alcoolizada que atropelou menino de 4 anos no sul da Bahia é presa

A mulher que atropelou o menino Enzo Gabriel Oliveira dos Santos, 4 anos, no município de Pau Brasil, foi presa nesta terça-feira (8) por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Camacã. O crime ocorreu no último dia 3, quando a condutora, de 18 anos, atingiu a criança com a caminhonete de seu namorado – também capturado pelos investigadores na ação.

De acordo com as investigações, a mulher – que não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) – e o namorado ingeriram bebidas alcoólicas em um bar na zona rural do município, antes de o homem passar a direção de sua Toyota Hilux para ela.

Segundo a Polícia Civil, a condutora do veículo perdeu o controle e invadiu a calçada, atropelando Enzo Gabriel. Ela e o companheiro fugiram deixando o carro ainda ligado, pressionando o corpo da criança contra a parede de uma casa.

Além de ter omitido socorro e fugido, o casal cometeu, segundo a representação pela prisão preventiva, homicídio doloso. O crime foi cometido na modalidade dolo eventual – uma vez que assumiram o risco.

O garoto, da aldeia Catarina Paraguaçu da tribo Pataxó Hã hã hae, ainda foi retirado com vida por populares e levado para o hospital da cidade, mas não resistiu. 

Foto: Acervo da família

Acidente
A tragédia aconteceu na Travessa Ivete Nogueira, no centro de Pau Brasil. Familiares de Enzo contaram que o menino voltava para casa, junto com a mãe e uma amiga dela. Eles desciam a rua e logo avistaram a picape descendo também. Quando perceberam que o veículo estava em alta velocidade, foram para o acostamento, em vão. 

Descontrolado, o carro foi para mesma direção em que eles estavam. No susto, Enzo soltou a mão da mãe e subiu na calçada mais alta, ocasião em que o a Hilux atingiu o menino. “A picape ia bater numa moto e desviou e subiu a calçada, pegou meu primo”, contou Jossilene. 

Enzo era o filho único de um casal. “A família toda está muito abalada. Ninguém esperava por essa. Uma criança saiu de casa alegre e na volta acontece isso. Quando a pessoa já está doente, já espera o pior. Outra coisa é algo repentino acontecer e tirar a vida de alguém assim, de uma forma tão trágica e ainda mais de uma criança”, desabafou a prima do garoto. 

Na ocasião, a Polícia Militar informou, por meio de nota, que por volta das 17h de quinta-feira (3), uma guarnição da 62ª CIPM foi informada sobre um acidente de trânsito com vítima fatal na Travessa Ivete Nogueira, no município de Pau Brasil. No local, a guarnição constatou que a vítima havia sido socorrida por populares.

Fonte: Correio