Rodrigo Maia afirma que votaria no PT, por Lula, no segundo turno de 2022

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (sem partido), “trocou de lado” em relação a um eventual segundo turno entre Jair Bolsonaro (sem partido) e um candidato do PT, em especial, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). 

“Se esse fosse o segundo turno, com certeza [votaria em Lula]”, disse Maia, que defendeu que o atual presidente é um “não democrata”. A informação é do site “UOL”, que entrevistou o deputado. 

Em declarações anteriores, Rodrigo Maia havia revelado que votou em Bolsonaro no segundo turno nas últimas eleições gerais, em 2018, contra o candidato petista, Fernando Haddad. 

“Achava que o ministro Paulo Guedes [Economia] poderia apresentar as mudanças que o Brasil precisa, e não achava que o presidente tinha essa rede toda autoritária”, afirmou o deputado ao portal. 

Apesar disso, ele diz não ter se arrependido. “Eu tinha as informações de 2018. Eu não sabia que ele tinha toda essa estrutura na mão”, concluiu. 

Fonte: Agencia Brasil