'Tem que respeitar mais o Nordeste', diz Samuel após classificação

O Vitória está nas oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quinta-feira (10), o Leão bateu o Internacional por 3×1 em pleno Beira-Rio, reverteu o placar sofrido no Barradão e avançou na competição. Apesar de ter feito um primeiro tempo ruim, o rubro-negro aproveitou a expulsão de Pedro Henrique no início da segunda etapa e garantiu a classificação – Boschilia também recebeu o vermelho no fim.

Autor do primeiro gol rubro-negro, Samuel comemorou a vaga e fez questão de agradecer ao técnico Rodrigo Chagas, demitido do comando da equipe no início da semana. O duelo contra o Inter marcou a estreia de Ramon Menezes como treinador do Vitória.

“Fruto do nosso trabalho. A gente vem trabalhando muito forte. Queria dedicar essa vitória ao professor Rodrigo Chagas, que dispensa comentários. Me ajudou e ajuda até hoje. Sempre me incentivando. Essa vitória também vai para ele”, disse Samuel, em entrevista ao SporTV na saída de campo.

“A gente ali da frente tem que estar ligado sempre para tipo de qualquer rebote, de bola que sobra. Graças a Deus, eu estava ligado no rebote do goleiro, fiz o primeiro gol. A gente, infelizmente, cedeu empate. Mas lutamos até o fim, conseguimos mais dois gols e saímos com a classificação”, continuou.

O jogador também pediu respeito aos times do Nordeste. Essa edição da Copa do Brasil, aliás, terá o recorde de participações de times da região nas oitavas, com seis, ao todo. Também se classificaram Bahia, Juazeirense, CRB, ABC e Fortaleza. 

“A gente viu muitos vídeos durante a semana dizendo que o Inter era favorito. Não é assim. Tem que respeitar mais o Nordeste. Nosso grupo é forte e pode ir muito longe ainda na competição”, falou Samuel. 

O Vitória volta a jogar no domingo (13), dessa vez pela Série B do Brasileirão. O Leão vai encarar o Operário-PR às 20h30, no Barradão.

“A gente tem a Série B, agora é virar a chave. Domingo já tem o Operário-PR e a gente precisa fazer nosso dever de casa e se recuperar. Ainda está no começo, mas a gente tem que acordar o quanto antes, ir forte para os próximos jogos e se manter firme na competição da Copa do Brasil, que também é muito importante para a gente”, finalizou Samuel.

Fonte: Correio