Bombeiros são deslocados para ocorrência, mas 'incêndio' era churrasco no Saboeiro

Na noite da véspera de São João, nesta quarta (23), mesmo em meio à pandemia, os agentes do Corpo de Bombeiros redobram a atenção para o atendimento de ocorrências, especialmente por conta das fogueiras e uso de fogos de artíficio.

No começo da noite, após a informação de um possível incêndio em uma vegetação no bairro do Saboeiro, em Salvador, do 3°GBM/Iguatemi, agentes se deslocaram para o local.
 
No entanto, ao chegar no endereço indicado, os bombeiros constataram que não se tratava de um incêncio. O fogo no local era por conta de um churrasco realizado por um grupo de moradores.

Apesar da ocorrência não ser considerada trote, a prática é considerada crime pelo código penal brasileiro e o infrator/a pode pegar de um a seis meses de detenção, além de condenação a pagamento de multas, podendo, ainda, ter as penalidades duplicadas em situações de calamidade pública, a exemplo de períodos de pandemia, como a do novo coronavírus.
 
Ainda na noite desta quarta, o Corpo de Bombeiros atendeu uma outra ocorrência em Salvador, desta vez na Avenida 29 de Março, após um acidente. O incêndio no veículo foi controlado após ação dos bombeiros e a vítima socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

Fonte: Correio